O que é Abrape?

A ABRAPE – Associação Brasileira de Psicólogos Espíritas é uma associação civil, cultural, científica, beneficente e sem fins lucrativos, de âmbito nacional, que procura atender às demandas do homem atual no que tange às diferentes manifestações do fenômeno religioso, oferecendo um espaço para debates sobre questões que dizem respeito tanto à nossa vida quanto à nossa cultura.

A ABRAPE é uma instituição constituída por psicólogos interessados no estudo e na pesquisa de eventuais pontos de convergência entre a psicologia e a religiosidade do homem, principalmente na sua vertente espírita, mas não prega com isso qualquer tipo de sectarismo, dogmatismo ou proselitismo em relação a tal temática.

O objetivo de todos os trabalhos comunitários realizados é o de expandir a psicologia para a área social, levando conhecimentos e técnicas na compreensão dos indivíduos, numa abordagem sistêmica e integral do ser humano, que atue de maneira a contribuir junto a diversas instituições para o seu desenvolvimento.

  • A ABRAPE enfatiza que não existe uma psicologia espírita, mas uma visão espírita dos problemas humanos.
  • A visão espírita do psicólogo não deve interferir no tratamento e tampouco sugestionar o paciente.
  • Todas as abordagens são boas quando utilizadas por um profissional sério e bem formado.
  • O espírita, psicólogo ou não, não faz proselitismo.
  • Os tratamentos psicológicos oferecidos pela ABRAPE respeitam a religião de cada paciente e são LAICOS.
  • São proibidas quaisquer práticas religiosas dentro dos consultórios utilizados pela ABRAPE.

 

Utilizar a psicologia e a visão espiritual como instrumentos de autoconhecimento, potencializando o ser humano para realizar escolhas.

Todo ser humano tem potencial para realizar escolhas de forma consciente.

Acreditamos que:

  • Todas as pessoas são iguais;
  • Todo ser humano é um espírito em evolução;
  • Todos têm direito ao equilíbrio físico e espiritual;
  • A dimensão espiritual estimula a fraternidade e a solidariedade, eliminando a competição entre os homens.